Arquivo de etiquetas seguro automovel

PorJorge Marieiro

O seguro automóvel em números

Alguns indicadores curiosos referente ao ano 2018

6.365.501 foi o número de veículos seguros

746.419 foi o número de sinistros

O distrito com o maior parque automóvel é Lisboa e Aveiro surge em 4º lugar com 573.789, abaixo do Porto e de Braga.

Portalegre é o distrito com o menor parque automóvel com apenas 85.243 veículos.

Se o tema lhe interessa, não perca toda a informação no site da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões clicando no link https://www.asf.com.pt/ISP/Estatisticas/seguros/estatisticas_anuais/historico/ES2018/C7.pdf

PorJorge Marieiro

Ter seguro em nome dos pais é ilegal

O que pode acontecer?

Este artigo é destinado a todos os recém-encartados e seus pais.

Mal se acabam de fazer os 18 anos e um dos grandes objetivos de vida da maioria dos jovens passa a ser tirar a carta e ter um carro. Alguns demoram mais tempo, outros é num ápice que tratam do assunto.

Com a habilitação da condução na mão, chegou a hora de ter um carro, seja ele comprado pelo próprio condutor ou pelos pais, para ser exclusivamente conduzido pelo condutor mais recente lá de casa.

O que não se deve fazer

O carro já está comprado e chegou a hora de tratar do seguro. Há uma grande tentação de comprar o carro e fazer o seguro em nome dos pais porque o seguro fica muito mais barato. Isto é totalmente errado porque o risco que a seguradora está a cobrar (através do prémio de seguro) é totalmente desajustado à realidade.

Um problema legal

O decreto-lei 72/2008 de 16 de abril, na Subsecção II, artigo 24º, ponto 1 e 2 é bastante claro e diz o seguinte:

1 – O tomador do seguro ou o segurado está obrigado, antes da celebração do contrato, a declarar com exactidão todas as circunstâncias que conheça e razoavelmente deva ter por significativas para a apreciação do risco pelo segurador.

2 – O disposto no número anterior é igualmente aplicável a circunstâncias cuja menção não seja solicitada em questionário eventualmente fornecido pelo segurador para o efeito.

É com base nestes pontos que qualquer Seguradora poderá alegar dolo ou falsas declarações, anulando o seguro desde do seu inicio, sem direito a reembolso e o proprietário do veiculo ainda terá que suportar do seu próprio bolso todos os custos com o acidente.

Um problema para a vida

Não prestar uma informação precisa sobre quem é o condutor de determinado veículo, pode influenciar o seu futuro e o da sua família.

Consegue imaginar os problemas que poderão daí advir quando um pai decide fazer o seguro em seu nome para o filho conduzir ou mesmo quando cede, a pedido do filho, para o fazer? Não caia em tentações.

As vantagens de não arriscar

São inúmeras as vantagens de ser claro nas informações que nos dá

  • a seguradora assumirá a responsabilidade do sinistro sem hesitações
  • responsabiliza o condutor recém-encartado no pagamento do prémio
  • começa a ter historial de condução para beneficiar de seguro mais barato após alguns anos sem sinistros

A simulação

Como não há pessoas iguais, também não há seguros iguais. Se pretender uma simulação, fale connosco sem compromisso. Consultaremos o mercado por si para lhe apresentar a solução mais competitiva.

Ficou com alguma questão?

Ligue-nos ou fale connosco via Messenger.
Os nossos colaboradores esclarecem-no(a)

Veja também: 10 coisas que você habitualmente não sabe no seguro auto

PorJorge Marieiro

10 coisas que você habitualmente não sabe no seguro auto

  1. o seguro termina no dia em que vende o carro.
    apesar da comunicação entre o IMT e a seguradora não ser automática, a verdade é que se tiver um acidente com o seguro do anterior proprietário, o seguro não será valido.
  2. identifique claramente quem é condutor habitual
    se o condutor declarado na apólice for diferente do condutor habitual (casos como o do seguro em nome do pai mas é o filho é que conduz), poderá ter problemas com a sua seguradora que poderá cessar o contrato por falsas declarações.
  3. acidente entre familiares não está garantido
    se tiver um acidente entre familiares, habitualmente a sua apólice não garante os danos (a não ser que contrate a responsabilidade civil cruzada)
  4. não há seguro contra todos os riscos
    na gíria é habitual ouvir-se “seguro contra todos os riscos”. é um mito. na verdade a designação correta é “Seguro de Danos Próprios”.
  5. se beber, chame a assistência em viagem
    sabia que há seguradoras que lhe garantem o táxi caso esteja alcoolizado? não é habitual na cobertura base mas poderá contratar uma assistência mais completa por mais alguns euros por ano.
  6. se bater em sua casa, os danos no imóvel estão excluídos
    pelo principio da responsabilidade civil, só estão garantidos os danos causados a terceiros. assim, se causar danos na sua própria habitação, o seguro do carro não lhe garantirá qualquer indemnização.
  7. vidro do origem vs vidro de oficinas especializadas
    há sempre muitos dúvidas na hora de substituir o vidro partido. as oficinas especializadas são a melhor solução porque é a sua actividade diária, usam o sistema ADAS para calibração dos vidros e aplicam vidros certificados pela marca do seu veículo. sabia que os vidros de um Porsche não tem logótipo ?
  8. assistência em viagem no estrangeiro
    se é emigrante, saiba que a sua assistência em viagem poderá não funcionar. se estiver ausente de Portugal por um período superior a 60 dias corridos, não terá direito a reboque, excepto se salvaguardar antecipadamente esta situação.
  9. em caso de sinistro, há prazos legais
    os prazos para resolver o seu sinistro estão definidos por lei, com altas penalizações para a seguradora que não os cumprir. ainda assim, há seguradoras que utilizam os prazos ao máximo.
  10. rede de oficinas recomendadas
    em caso de sinistro, deve considerar a reparação numa oficina recomendada da seguradora. existem inúmeras vantagens que poderão ser a cedência de imediato de um veiculo de cortesia, a sua reparação será prioritária e poderá usufruir de descontos em franquias.

Gostou? Dê-nos as suas estrelas no Google. Clique aqui
Para obter a sua cotação, entre em contacto connosco clicando no icon do messenger. Poderá tambem visitar-nos presencialmente, enviar-nos um e-mail para apoiocliente@marieiroseguros.pt ou ligar 234 427 856.

Veja também: Ter seguro em nome dos pais é ilegal